O ortopedista Sergio Cortes relata qual o momento exato para procurar os serviços deste profissional

O profissional da área da ortopedia é quem trata dos músculos, tendões, articulações entre outras áreas co-relacionadas. O ortopedista Sergio Cortes noticia que o paciente deve procurar um profissional desta área sempre que tiver qualquer dor que possa ser considerada ortopédica, como nos joelhos, tornozelos e na coluna. Em muitos casos é necessário buscar a raiz dessas dores, como tombos, traumas ou acidentes, ou situações do dia-a-dia que podem levar a machucados.

Sergio Cortes recorda uma pesquisa que relata que mais de oitenta e cinco por cento das lesões ocorrem nos pés, coxas, tornozelos e joelhos e que é raro encontrar um individuo que não tenha sofrido nem um tipo de lesão ao longo da vida. As lesões não precisam estar necessariamente ligadas a exercícios físicos, elas podem surgir de maneira comum, após um esforço físico, e dores crônicas podem perdurar por um longo período.

Sergio Cortes noticia que estas dores podem estar ligadas também a processos inflamatórios ou traumatismos quando a pessoa faz o mesmo movimento muitas vezes, recorda Sergio Cortes. A dor na maioria das vezes é uma defesa do corpo humano para algum problema, como um aviso para lesões que possam vir a ocorrer no futuro, justamente por isso, ao sentir uma dor por muito tempo é necessário procurar um médico de imediato.

Sergio Cortes ainda recorda, que logo ao sentir a dor é necessário perceber de qual tipo de dor se trata, de certa forma avalia-la, já que dores agudas podem ter como origem uma má postura, muita pratica de exercícios, ou um alongamento inadequado, esta dor pode perdurar por até 6 semanas.

Quando a lesão é crônica, ela gera um dor desagradável e necessita de remédios para passar, sempre sob prescrição médica. As causas que normalmente a geram são: síndrome de fibromialgia, osteoporose, problemas de hérnia de disco, ou a lesão miofioscal.

Sérgio Cortes ainda revela que segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de oitenta por cento da população mundial terá dor nas costas em alguma fase da vida, pelo menos uma vez. E isso é consequência da vida sedentária que estamos nos acostumando cada dia mais, ferramentas como o elevador, escada rolante, automóveis, controles remotos, entre outros, a tecnologia de maneira geral, tem facilitado muitos nossas vidas fazendo com que nos exercitemos menos, e que com isso nossa postura também vá piorando. No trabalho por exemplo, ficamos tão entretidos, que esquecemos totalmente da postura, no fim do dia estamos completamente tortos na cadeira.

Para suavizar o problema existem atividades que quando evitadas melhoram não só o estilo de vida, mas também o problema, como evitar o fumo, combater a obesidade, depressão, sedentarismo, além de trabalhos estressantes que acentuam o problema.

E uma das principais dicas é prestar mais atenção a sua postura, e quando perceber que está torto arrumar-se e tentar manter a mesma. Caminhar mais, usar menos o transporte publico ou o carro, quando for fazer atividades rápidas como ir a padaria por exemplo, ao invés de utilizar o carro, vá a pé, isso já muda muita coisa em sua saúde.