Diretório Legal 500 divulga avaliações do escritório onde Ricardo Tosto possui sociedade

O Leite, Tosto e Barros, escritório que conta com o advogado Ricardo Tosto presente em seu quadro societário, recebeu avaliações sob diversos aspectos de um dos diretórios jurídicos mais expressivos da atualidade, o Legal 500. A advocacia foi avaliada entre outras ao redor do mundo, uma vez que a instituição avaliadora contempla empresas em todos os continentes. Os quesitos observados, contudo, são minuciosamente elencados no guia Latin America, uma publicação elaborada com o objetivo de possibilitar que os participantes aperfeiçoem suas performances.

Outras entidades exercem função semelhante ao do Legal 500 em se tratando do segmento jurídico, como por exemplo a Chambers Latin, que também trabalha com o sistema de análise de documentações de empresas e profissionais participantes, como no caso de Ricardo Tosto e do escritório onde o advogado é sócio. Após a entrega dos documentos necessários, a avaliação começa a ser realizada. Nessa fase do processo, experientes avaliadores fazem a leitura dos trabalhos submetidos. Esses profissionais também podem elaborar entrevistas para a elaboração de resultados mais detalhados.

Para o Leite, Tosto e Barros, os membros da comissão avaliadora do Legal 500 trouxeram como primeiras informações alguns pontos referentes à área de Reestruturação e Falência. Segundo o que foi descrito no guia Latin America, o Leite, Tosto e Barros conseguiu alcançar uma estrutura adequada para receber processos relacionados ao assunto, o que acaba por refletir a solidez do contencioso presente no escritório. O advogado Rodrigo Quadrantes foi listado como relevante dentro da advocacia onde Ricardo Tosto também atua.

As advogadas Cristina Lombardi e Mariana Nogueira foram outros destaques citados pelo guia. No caso delas, a publicação ressaltou que tratam-se de profissionais cujos desempenhos aumentaram o nível das atividades realizadas no escritório. Atuantes na área de compliance, as duas sócias da Leite, Tosto e Barros tiveram reconhecimento por parte do diretório, algo que foi descrito como fator responsável pelo fortalecimento da instituição no mercado.

Dentre as várias vertentes jurídicas avaliadas, o Legal 500 trouxe à tona a importância que o escritório de Ricardo Tosto tem em detrimento dos processos cuja clientela é oriunda dos segmentos de infraestrutura e energia, bem como o da construção civil. Nessa área, o advogado Paulo Guilherme Lopes recebeu avaliação positiva por meio do material entregue à comissão organizadora do diretório, já que o modo de condução em uma causa possibilitou grande visibilidade ao profissional. Além disso, a presença da advocacia em processos de uma companhia frigorífica também foi crucial para o recebimento de atenção por parte dos avaliadores.

Trabalhos realizados pela advocacia durante processos de licitações também foram alvo de observações do diretório. Conforme o que foi apontado no guia Latin America, empresas de transmissão e concessão de energia, ao se tornarem clientes do escritório possibilitaram com que a instituição aprimorasse sua performance de defesa. Entre os advogados que mais se esmeraram para que isso ocorresse estão Tiago Lobão Cosenza e Eduardo Nobre, dois profissionais que são sócios ao lado de Ricardo Tosto. Já em relação à clientela proveniente do setor bancário, a instituição avaliadora também conferiu considerações positivas à empresa.